156 Acesso àInformação

Editais Worktiba

Editais Worktiba

Worktibas recebem os 39 novos residentes que vão desenvolver negócios inovadores em Curitiba

Os 39 novos residentes das três unidades dos Worktibas de Curitiba tiveram o primeiro contato com seu “novo lar” pelos próximos 12 meses na tarde desta quarta-feira (5/6), durante o Onboarding (evento de integração) com a equipe da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação. O encontro de boas-vindas foi realizado no coração do ecossistema de […]

compartilhe
Encontro de integração dos novos resistentes das três unidades do Worktiba. Curitiba, 05/06/2024. Foto: Ricardo Marajó/SMCS

Os 39 novos residentes das três unidades dos Worktibas de Curitiba tiveram o primeiro contato com seu “novo lar” pelos próximos 12 meses na tarde desta quarta-feira (5/6), durante o Onboarding (evento de integração) com a equipe da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação.

O encontro de boas-vindas foi realizado no coração do ecossistema de inovação de Curitiba, o Pinhão Hub, no Rebouças, vizinho do Worktiba Engenho da Inovação.

“Este é o Vale do Pinhão, nosso ecossistema de inovação, que tem a missão de dar apoio a empresas, startups, micro e pequenos empresários que querem empreender, inovar e prosperar”, destacou o presidente da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação e secretário municipal de Inteligência Artificial, Dario Paixão.

O objetivo deste primeiro contato foi apresentar ações do Vale do Pinhão que podem beneficiar o desenvolvimento dos empreendimentos dos novos residentes, selecionados entre pessoas físicas e jurídicas e alinhar os compromissos dos residentes durante seu ciclo de permanência no projeto.

Entre os 39 novos residentes, 11 são pessoas físicas e 28 são empresas em estágio inicial ou em processo de spin-off.

Evolução

O Worktiba foi criado pela Prefeitura em 2017 como primeiro coworking público do país. Em 2024, as três unidades do Worktiba – Barigui, Boqueirão e Engenho da Inovação – evoluíram para atuar como pré-incubadoras de novos negócios em Curitiba, formatados dentro de um modelo viável para o mercado, em uma espécie de “berço para novas startups” curitibanas.

Durante o tempo da residência, os residentes vão receber, gratuitamente, apoio do Vale do Pinhão para dar os primeiros passos para formatar um negócio consolidado, com produtos, serviços ou processos inovadores de base tecnológica e de impacto socioambiental.

Boas-vindas e interações

No primeiro encontro, os novos residentes foram apresentados à equipe da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação, que gerencia os Worktibas, e os demais programas voltados à inovação e ao empreendedorismo do Vale do Pinhão. Também assinaram os termos de adesão à residência e fizeram um tour pelo Pinhão Hub.

O Worktiba é uma das ações do Programa Cidade das Startups, alinhado ao compromisso da Prefeitura pelo zelo com a inovação e o empreendedorismo na cidade e que, desde 2017, apoiou 369 iniciativas.

Representantes de algumas dessas iniciativas “veteranas“ participaram do Onboarding para contar aos “novatos” como foram beneficiados ao participar do projeto em anos anteriores.

Neste primeiro contato, os novos residentes se apresentaram e tiveram a oportunidade de trocar ideias. Foi o que fez o profissional de Automação Industrial Cristiano Blanco Adornes, 39 anos, que vai utilizar o período no Worktiba para desenvolver um aplicativo de localização de produtos e serviços.

Ele se mudou para Curitiba no início deste ano, vindo do litoral catarinense, e elogiou as ações da capital paranaense de apoio a novas startups.

“Curitiba é excelente. Tem um bairro inteiro só de indústrias, a CIC, onde já conquistei alguns clientes, e agora estou conhecendo mais do Vale do Pinhão”, disse Adornes.

Novo formato

Além do espaço físico com acesso gratuito a wi-fi, sala de reuniões e posições de trabalho, os Worktibas passam a oferecer orientação especializada em cursos de qualificação, mentorias e eventos que estimulem ideias e projetos em fase inicial para que se transformem em startups com modelos de negócios consolidados para se inserirem e permanecerem no mercado.

“Vocês são o ciclo um deste novo formato e vamos crescer juntos. Queremos, além de incentivar novos negócios, dar apoio para que cresçam consistentes e superem as dificuldades dos primeiros anos à frente de uma empresa”, destacou o coordenador técnico de Ambientes de Inovação da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação, Marlon Alves Cardoso.

As vagas para uso das unidades não são fixas, o que permite aos residentes escolher onde vão trabalhar a cada dia, com agendamento prévio.

NOTÍCIAS RELACIONADAS