156 Acesso àInformação

Cidade das Startups

O que são Startups?

 

Dentro do segmento das empresas de pequeno porte, existe uma modalidade específica de empresas: as empresas emergentes (start-ups), que podem ser definidas como empresas iniciantes de tecnologia. Uma empresa emergente é uma empresa recém-criada, ainda em fase de desenvolvimento e pesquisa de mercados. O termo tornou-se popular internacionalmente durante a bolha da internet, quando um grande número de “empresas.com” foram fundadas.

 

 

valedopinhao@agenciacuritiba.com.br
+55 (41) 3213-7542

Cidade 
das
Startups

“Com sua startup desenvolvida suficientemente para validar o modelo de negócios, é possível analisar a potencialidade de ampliação da oferta da solução ao mercado.”

 

Essas empresas, normalmente de base tecnológica, possuem espírito empreendedor e uma constante busca por um modelo de negócio inovador. Este modelo de negócios é a maneira como a empresa emergente gera valor – ou seja, como transforma seu trabalho em dinheiro. Um exemplo é o modelo de negócios do Google que se baseia em cobrar por cada clique nos anúncios mostrados nos resultados de busca. Outro exemplo seria o modelo de negócio de franquias: o franqueado paga royalties por uma marca, mas tem acesso a uma receita de sucesso com suporte do franqueador – e por isso aumenta suas chances de gerar lucro.

Empresas emergentes não são somente empresas de internet. Elas só são mais frequentes na internet porque é bem mais barato criar uma empresa de software do que uma indústria. Há também o sentido de “startar” o reposicionamento de uma marca, quando é criado um novo produto ou serviço e o lançam com um novo nome e modelo de negócios, os diferenciando da antiga empresa.

Curitiba Cidade das Startups

O Programa Curitiba, Cidade das Startups foi criado com o intuito de apoiar, orientar e auxilar todas as startups de Curitiba ou as que tenham interesse de instalação na cidade. O projeto é apoiado pelo Vale do Pinhão, Agência Curitiba e Prefeitura Municipal de Curitiba.

Vantagens em cadastrar sua Startup no Vale do Pinhão:

  • Análises sistemáticas do crescimento do ecossistema.
  • Apresentação a Fundos de Investimento para buscar financiamento para as ideias e/ou aconselhamento.
  • Apresentação da startup em evento no Engenho da Inovação com transmissão WEB.
  • Desenvolvimento de um vídeo, pitch, sobre a startup.
  • Identificação de ações para apoio ao desenvolvimento das startups.
  • Indicação da Startup a instituições de apoio e fomento à startups.
  • Participação nas reuniões sobre as ações da Prefeitura para o fomento e desenvolvimento das startups.
  • Prioridade na participação nos programas para startups dos parceiros.

Cadastre sua Startup no Vale do Pinhão

O Programa Curitiba, Cidade das Startups foi criado com o intuito de apoiar, orientar e auxilar todas as startups de Curitiba ou as que tenham interesse de instalação na cidade.

Etapas para uma Startup

Ideia

É onde se dá o início da startup, com ideias inovadoras ou com potenciais para melhorarias em produtos existentes. Com a ideia em mãos a startup precisa se inserir no ambiente desta ideia, sentir as necessidades e oportunidades, conversar com os atuantes na área.

MVP

É a versão mais simples de um produto que pode ser lançada com uma quantidade mínima de esforço e desenvolvimento. Porém, ele não é necessariamente o menor produto imaginável. Seu objetivo é testar hipóteses fundamentais do negócio.

Etapas

É o processo em si do desenvolvimento da inovação. A partir do Produto Mínimo Viável (MVP) as soluções são experimentadas no mercado para a validação, e seus resultados orientam o avanço do desenvolvimento da startup.

Tração

Com sua startup desenvolvida suficientemente para validar o modelo de negócios, é possível analisar a potencialidade de ampliação da oferta da solução ao mercado.

Principais termos sobre Startup

Pitch

O pitch é uma apresentação sumária de 3 a 5 minutos com objetivo de conquistar o interesse da outra parte (investidor ou cliente) pelo seu negócio. É uma ferramenta essencial para empreendedores conseguirem investimento para seu negócio.

Incubadoras

Incubadoras são entidades que visam promover os empreendimentos inovadores como as empresas emergentes, elas oferecem um suporte para desenvolvimento de ideias. Esse suporte está na infraestrutura e no suporte gerencial, que orienta o caminho a ser seguido pelos empreendedores em relação à gestão dos negócios e à competitividade.

Aceleradoras

As aceleradoras diferenciam-se do modelo de incubação, pois:
1. Oferecem um processo de inscrição aberto e altamente competitivo;
2. Investem recursos financeiros, em geral em troca de participação em cotas ou acionária;
3. Focam-se na equipe, ao invés dos fundadores individuais;
4. Têm limitação determinada para o tempo do programa de aceleração;
5. Dedicam intensas atividades de mentoria e networking;
6. Operam com grupos de start-ups/TIC ao invés de start-ups/TIC individuais.

Investimentos

Incubadoras são entidades que visam promover os empreendimentos inovadores como as empresas emergentes, elas oferecem um suporte para desenvolvimento de ideias. Esse suporte está na infraestrutura e no suporte gerencial, que orienta o caminho a ser seguido pelos empreendedores em relação à gestão dos negócios e à competitividade. Existem outros tipos de investimentos em startups:

1. Bootstrapping – É o investimento com seu próprio capital;
2. Investimento-Anjo – É o investimento efetuado por pessoas físicas com seu capital próprio;
3. Capital semente (Seed) – É o investimento para empresas que ainda não estouraram, mas que já tem produtos ou serviços lançados no mercado e algum faturamento;
4. Venture Capital – É uma modalidade de investimento utilizada para apoiar negócios por meio da compra de uma participação acionária;
5. Venture Building – O modelo mescla características das incubadoras, aceleradoras e venture capital, sendo que fornece todo o planejamento estratégico, a captação de recursos financeiros e humanos e estrutura física.

 

Apoio

 

Realização

 

Quer mais informações?