156 Acesso àInformação

Notícias

Notícias

Prêmio Empreendedora 2024 ganha apoio de “embaixadoras” de Curitiba e RMC para chegar a mais mulheres

Com inscrições abertas até 16 de junho, o Prêmio Empreendedora 2024 ganhou o apoio de “embaixadoras”, mulheres que se engajaram na missão de levar as propostas de participação na disputa a outras que têm seu próprio negócio em Curitiba e na Região Metropolitana da capital (RMC). Líderes em projetos de incentivo ao empreendedorismo feminino, as […]

compartilhe
Prêmio Empreendedora 2024 ganha apoio de “embaixadoras” de Curitiba e RMC para chegar a mais mulheres. Curitiba, 15/05/2024. Foto: Renato Augusto Machado/Agência Curitiba

Com inscrições abertas até 16 de junho, o Prêmio Empreendedora 2024 ganhou o apoio de “embaixadoras”, mulheres que se engajaram na missão de levar as propostas de participação na disputa a outras que têm seu próprio negócio em Curitiba e na Região Metropolitana da capital (RMC).

Líderes em projetos de incentivo ao empreendedorismo feminino, as embaixadoras participaram de um café da manhã nesta quarta-feira (15/5) no Pinhão Hub e receberam uma missão: disseminar as informações sobre a participação na premiação promovida pela Prefeitura e pelo ecossistema de inovação curitibano, o Vale do Pinhão, e realizado pela Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação para mulheres de negócios nos 29 municípios que formam a RMC.

“Queremos que mais mulheres que têm seu negócio participem. Mais que a escolha de vencedoras, o Prêmio Empreendedora 2024 oferece uma jornada, nos próximos meses, de capacitações para que elas fortaleçam suas empresas e que participem da comunidade empreendedora, contando com uma rede de apoio formada por mulheres, para que todas prosperem”, destacou a coordenadora do Programa Empreendedora Curitibana, Daniela Vitorio Del Puente.

As embaixadoras foram apresentadas ao cronograma de ações do Prêmio Empreendedoras 2024, que vai premiar iniciativas em cinco categorias: Microempreendedora Individual (MEI); Microempresa; Pequeno Porte; Médio Porte; e Grande Porte.

Entre que participaram do café da manhã, estão vencedoras do Prêmio Empreendedora em anos anteriores, líderes de projetos voltados a mulheres e ao desenvolvimento socioeconômico por meio do empreendedorismo de municípios vizinhos a Curitiba, como Campo Largo e São José dos Pinhais, representantes do Sebrae-PR e Fecomércio.

Além de angariar novas inscritas por Curitiba e RMC, as embaixadoras também serão canais de contato entre o Programa Empreendedora Curitibana e as mulheres empreendedoras para tirar as dúvidas sobre o processo seletivo, desde a inscrição, que é gratuita, até a etapa final, prevista para 19 de novembro.

“O Prêmio fez muitas coisas boas na minha vida e quero que ele possa proporcionar o mesmo para outras mulheres”, disse a CEO da Batom e finalista da premiação em 2021, uma das embaixadoras da atual edição.

Desde a inscrição, as participantes são incentivadas a contarem seus êxitos como protagonistas de seus negócios. Além de um questionário, as candidatas incluem na inscrição um áudio de até três minutos em que apresentam seu empreendimento.

Coração quentinho

Um dos grandes desafios das embaixadoras é mostrar às donas de seus negócios que são merecedoras de colocar seu trabalho à prova: muitas delas não se identificam como “empreendedoras” ou acham que ainda não estão à altura de concorrer. “Esse é um prêmio que contempla também quem está no percurso, não quem já chegou ao objetivo”, destaca Daniela.

A diretora do projeto Bem Sucedidas, Giane Franca, que abraçou a função de embaixadora do prêmio, destacou a importância da nova função. “É gratificante contribuir com o desenvolvimento das mulheres nos negócios. Deixa o coração quentinho ver que, em pequenos atos, podemos impactar na vida de outras mulheres, contribuindo para a transformação de vidas”, disse.

Público-alvo

O Prêmio Empreendedora está em sua sexta edição e este ano se tornou anual, com novas categorias de disputa, contemplando empresas de todos os tamanhos: Microempreendedora Individual (MEI); Microempresa; Pequeno Porte; Médio Porte; e Grande Porte.

Podem concorrer mulheres (cis e trans) com 18 anos ou mais (ou a partir dos 16, quando emancipadas) que têm sua empresa aberta há pelo menos um ano em Curitiba ou nas demais cidades que formam a Região Metropolitana: Adrianópolis, Agudos do Sul, Almirante Tamandaré, Araucária, Balsa Nova, Bocaiúva do Sul, Campina Grande do Sul, Campo do Tenente, Campo Largo, Campo Magro, Cerro Azul, Colombo, Contenda, Curitiba, Doutor Ulysses, Fazenda Rio Grande, Itaperuçu, Lapa, Mandirituba, Piên, Pinhais, Piraquara, Quatro Barras, Quitandinha, Rio Branco do Sul, Rio Negro, São José dos Pinhais, Tijucas do Sul e Tunas do Paraná.

Desde 2017, o Prêmio Empreendedora envolveu 11,3 mil participantes e promoveu 132 eventos, contribuindo com o desenvolvimento do empreendedorismo em Curitiba e Região. A iniciativa é alinhada com o compromisso da Prefeitura pelo zelo pela inovação e pelo empreendedorismo na capital. 

NOTÍCIAS RELACIONADAS